Guia Para Alternativas de Leite à Base de Plantas

Guia para Alternativas de Leite à Base de Plantas

Você está considerando uma alternativa de leite à base de plantas?

 

Se assim for, você provavelmente entende os perigos dos produtos lácteos. Era uma vez (no passado infelizmente não muito distante), você foi informado para obter várias porções de lácteos todos os dias.

 

Pelo menos um par de gerações foram criadas na atitude de nutrição “leite é bom” que causou muitos problemas de saúde para tantas pessoas.

 

Sabemos agora que os produtos lácteos, como o leite, não conduzem necessariamente a uma melhor saúde óssea. Esse foi um dos grandes pontos de venda de leite.

 

Um estudo sueco mostrou que, quando as mulheres bebem mais de 3 copos de leite por dia, aumentaram a taxa de morrer em mais de 20 anos em 100%.

 

Estudos múltiplos demonstraram um risco aumentado de contrair diabetes tipo I, vários tipos de câncer, colesterol alto, acne e condições pró-inflamatórias em uma dieta que inclui leite lácteo.

 

Qual alternativa de leite à base de planta devo usar?

 

Se você está lendo este breve artigo, você está procurando respostas. Você entende que o leite lácteo pode ser substituído por lâminas feitas a partir de uma base de plantas.

 

O problema é que você vê esses tipos de produtos em todos os lugares.

 

Então, você deve tentar leite de soja ou leite de amêndoa?

 

Qual é a diferença?

 

Existem outras alternativas baseadas em plantas?

 

Vamos dar uma olhada. (Os números a seguir são médias e dependem da marca e do sabor que você compra).

 

Leite de soja – Esta alternativa de leite à base de plantas oferece cerca de 110 cal por porção, contra apenas 4 ou 5 g de gordura. Você recebe 8 g de proteína, 30% de sua dose diária recomendada (RDA) de vitamina D e 45% de RDA de cálcio. Os benefícios adicionais incluem magnésio, fósforo e vitamina B 12.

 

Leite de amêndoa – Você pode contar apenas 30 a 35 cal e 2,5 g de gordura por porção. Você também recebe 45% de sua RDA de cálcio e 25% de sua RDA de vitamina D. Os extras incluem magnésio e vitamina E.

 

Leite de arroz – Espere cerca de 120 cal, 2,5 g de gordura, 1 g de açúcar e 30% do seu RDA de cálcio por porção. Você também recebe 25% de sua vitamina D RDA, bem como fósforo e vitaminas A e B 12.

 

Leite de coco – Você obtém 10% do seu RDA de cálcio e 30% do seu subsídio diário de vitamina D. Você recebe zero proteína, 7 g de açúcar, ácidos graxos saudáveis, vitaminas B12 e A e magnésio também.

 

Os leites de cajú, cânhamo e kefir também estão disponíveis, mas os 4 leitos cobertos são os mais populares.

 

Lembre-se, a maioria das alternativas de leite à base de plantas tem menos proteína que o leite lácteo.

 

A exceção é o leite de soja. O leite de coco proporciona mais gorduras saturadas que o leite inteiro, mas a pesquisa mostrou que um tipo particular de gordura é saudável.

 

Além disso, procure versões com proteína adicionada, ácidos graxos ômega-3, cálcio e outros nutrientes maravilhosamente saudáveis.

 

Com mais de 50 novos produtos de substituição de leite a partir de 2015, você tem muitas opções. Apenas certifique-se de ler a etiqueta de nutrição em qualquer tipo de leite.

 

Compartilhe com Seus Amigos !!!

 

Guia para Alternativas de Leite à Base de Plantas

 

728X90 - Guia Para Alternativas de Leite à Base de Plantas

Baixe GRATUITAMENTE o Ebook

Professor José Passos

Cursando Pedagogia pela Universidade Cidade de São Paulo e Formado em MBA em Gestão Escolar no Complexo Educacional FMU, Graduação em Tecnólogo em Gestão Executiva de Escritórios Jurídicos pela Universidade Anhembi Morumbi e Graduação em Direito pela Universidade Anhembi Morumbi, Pós-Graduação em Psicopedagogia e Pós em Tecnologias em Educação a Distância pela Universidade Cidade de São Paulo, Técnico em Transações Imobiliárias pelo Colégio Lapa. Atualmente docente na Complexo Educacional FMU EAD nos cursos de Graduação, Pós-Graduação e Orientador de TCC.

Website: